Poesia Dia dos Namorados

Poesia Dia dos Namorados: A afeição ainda resolverá os  Problemas da Liberdade;  Aqueles que se amam  Tornar-se-ão inv...

A afeição ainda resolverá os
Problemas da Liberdade;
Aqueles que se amam
Tornar-se-ão invencíveis.

Walt Whitman

Poesia Dia dos Namorados: O luto é destinado aos que amam amar. Vinga-se a pessoa que odeia amar, odeia continuar amando....

O luto é destinado aos que amam amar. Vinga-se a pessoa que odeia amar, odeia continuar amando. É o encontro do mais extremo ódio com o mais extremo amor. A união de dois terrorismos

Fabrício Carpinejar

Poesia Dia dos Namorados: As mulheres detestam um ciumento que não é amado, mas ficam furiosas se o homem que amam não ...

As mulheres detestam um ciumento que não é amado, mas ficam furiosas se o homem que amam não for ciumento.

Ninon Lenclos

Poesia Dia dos Namorados: Ninguém pode amar a liberdade sinceramente, senão pessoas boas; as demais amam não a liberdad...

Ninguém pode amar a liberdade sinceramente, senão pessoas boas; as demais amam não a liberdade, mas a licenciosidade.

John Milton

Poesia Dia dos Namorados: Eu vos direi

Eu vos direi "Amei para entendê-las
Pois só quem ama pode ter ouvidos
Capaz de ouvir e entender as estrelas."

Olavo Bilac

Poesia Dia dos Namorados: Não quero amar, Não quero ser amado. Não quero combater, Não quero ser soldado.  — Quero a...

Não quero amar,
Não quero ser amado.
Não quero combater,
Não quero ser soldado.

— Quero a delícia de poder sentir as coisas mais simples!

Manuel Bandeira

Poesia Dia dos Namorados:

"Se for pra chorar pelo leite derramado, que seja leite condensado!"
(Do filme Comer, rezar, amar)

Comer, Rezar, Amar

Poesia Dia dos Namorados: A humanidade não se divide em heróis e tiranos. As suas paixões, boas e más, foram-lhe dadas...

A humanidade não se divide em heróis e tiranos. As suas paixões, boas e más, foram-lhe dadas pela sociedade, não pela natureza.

Charles Chaplin

Poesia Dia dos Namorados: De todas as maneiras Que há de amar Nós já nos amamos Com todas as palavras feitas pra sangra...

De todas as maneiras
Que há de amar
Nós já nos amamos
Com todas as palavras feitas pra sangrar
Já nos cortamos
Agora já passa da hora
Tá lindo lá fora
Larga a minha mão
Solta as unhas do meu coração
Que ele está apressado
E desanda a bater desvairado
Quando entra o verão

Chico Buarque

Poesia Dia dos Namorados: Não devia te contar. Se você guardar segredo, Eu revelo este meu medo De não saber amar.  Nã...

Não devia te contar.
Se você guardar segredo,
Eu revelo este meu medo
De não saber amar.

Não devia te amar,
Mas se você guardar meu medo,
Eu revelo este segredo
Que não sei contar.

Martha Medeiros