Manuel Bandeira

Textos de Amor: ARTE DE AMAR  Se queres sentir a felicidade de amar, esquece a tua alma. A alma é que estraga o amor. Só...

ARTE DE AMAR

Se queres sentir a felicidade de amar, esquece a tua alma.
A alma é que estraga o amor.
Só em Deus ela pode encontrar satisfação.
Não noutra alma.
Só em Deus - ou fora do mundo.

As almas são incomunicáveis.

Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo.

Porque os corpos se entendem, mas as almas não.

Manuel Bandeira

Poemas de Amizade: Brisa  Vamos viver no Nordeste, Anarina. Deixarei aqui meus amigos, meus livros, minhas riquezas, minha...

Brisa

Vamos viver no Nordeste, Anarina.
Deixarei aqui meus amigos, meus livros, minhas riquezas, minha vergonha.
Deixaras aqui tua filha, tua avó, teu marido, teu amante.

Aqui faz muito calor.
No Nordeste faz calor também.
Mas lá tem brisa:
Vamos viver de brisa, Anarina.

Manuel Bandeira

Versos Românticos: Teresa, se algum sujeito bancar o sentimental em cima de você E te jurar uma paixão do tamanho de um...

Teresa, se algum sujeito
bancar o sentimental em cima de você
E te jurar uma paixão do tamanho de um bonde
Se ele chorar
Se ele se ajoelhar
Se ele se rasgar todo
Não acredita não Teresa
É lágrima de cinema
É tapeação
Mentira
CAI FORA.

Manuel Bandeira

Frases de Superação: Porquinho-da-Índia  Quando eu tinha seis anos  Ganhei um porquinho-da-índia. Que dor de coração...

Porquinho-da-Índia

Quando eu tinha seis anos
Ganhei um porquinho-da-índia.
Que dor de coração eu tinha
Porque o bichinho só queria estar debaixo do fogão!
Levava ele pra sala
Pra os lugares mais bonitos, mais limpinhos,
Ele não se importava:
Queria era estar debaixo do fogão.
Não fazia caso nenhum das minhas ternurinhas...

- O meu porquinho-da-índia foi a minha primeira namorada.

Manuel Bandeira

Poemas de Amizade: Amizade é como flores, não podemos deixar de regá-las, mas também não podemos regá-las muito.

Amizade é como flores, não podemos deixar de regá-las, mas também não podemos regá-las muito.

Manuel Bandeira

Declarações de Amor: Eu me amo porque se eu não me amar quem vai me amar?

Eu me amo porque se eu não me amar quem vai me amar?

Manuel Bandeira

Frases de Tristeza: Uns tomam éter, outros cocaína. Eu já tomei tristeza, hoje tomo alegria.

Uns tomam éter, outros cocaína.
Eu já tomei tristeza, hoje tomo alegria.

Manuel Bandeira

Versos Românticos: O Impossível Carinho  Escuta, eu não quero contar-te o meu desejo Quero apenas contar-te a minha ter...

O Impossível Carinho

Escuta, eu não quero contar-te o meu desejo
Quero apenas contar-te a minha ternura
Ah se em troca de tanta felicidade que me dás
Eu te pudesse repor
-Eu soubesse repor_
No coração despedaçado
As mais puras alegrias de tua infância!

Manuel Bandeira

Mensagens de Reflexão: Vi uma estrela tão alta, Vi uma estrela tão fria! Vi uma estrela luzindo Na minha vida vazia.

Vi uma estrela tão alta,
Vi uma estrela tão fria!
Vi uma estrela luzindo
Na minha vida vazia.

Manuel Bandeira

Mensagens de Reflexão: Não te retires ofendida. Pensa que nesse grito vem O mal de toda minha vida: Ternura inquieta e m...

Não te retires ofendida.
Pensa que nesse grito vem
O mal de toda minha vida:
Ternura inquieta e malferida
Que, antes, não dei nunca a ninguém.

E foi melhor nunca ter dado:
Em te pungindo algum espinho
Cinge-a ao teu seio angustiado.
E sentirás o meu carinho

Manuel Bandeira